Home » Artigos (página 8)

Artigos

Minas Gerais é toda bantu?

Minas Gerais é toda bantu? Minas só, não. O Brasil é bantu. Por volta de novembro de 2002, os confrades Falabella e Lasmar, do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais – IHGMG, enviaram-me matéria publicada no Jornal do Brasil, onde pude ter notícia da maravilhosa pesquisadora e etnolinguista baiana Yeda Pessoa de Castro.

Leia Mais »

QUILOMBOLAS – LENDA MINEIRA INÉDITA

QUILOMBOLAS – LENDA MINEIRA INÉDITA Carmo Gama Trata-se de artigo publicado na Revista do Arquivo Público Mineiro – vol. 9 – 1904 – Fascículos I e II (jan-jun/1904), sob a direção e redação de Antônio Augusto de Lima. É, na verdade, um mero conto. Um folhetim que, por ter sido publicado pela Revista do APM em 1904, ganhou um falso status de história. ...

Leia Mais »

O IHGMG e o MGQUILOMBO

A Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais – IHGMG de maio de 2009, volume XXXII, sob o título O QUILOMBO MINAS GERAIS, publicou a matéria que a seguir reproduzimos, contando um pouco da História do site MGQUILOMBO, suas lutas, objetivos e razão de ser. Confira, agora, toda a matéria com a vantagem de, aqui, poder clicar e acessar todas ...

Leia Mais »

b) os dialetos, as histórias, causos, músicas e danças

Vissungos, Danças e Batuques Quanto às “danças específicas ou comuns das comunidades negras”, destacam-se entre elas, sem dúvida, o batuque e seus derivados, como por exemplo, o lumdum. Se bem que o Estado de Minas em matéria recente referiu-se a “batuque dos pretos” e o “lundum dos brancos”.(!).

Leia Mais »

Mulheres Negras – Rita de Souza Lobo

Conheça a belíssima história desta negra que foi cativa do amor de seu amante e de suas filhas. De forra passou-se por escrava, por amor de um homem branco. Quando este morreu e seus filhos quiseram roubar as filhas de Rita, como se escravas fossem, ela lutou até em Lisboa para libertá-las, sem nunca desistir.

Leia Mais »

c) Comidas e Influência Culinária da Cozinha Africana

As influências e comidas específicas ou comuns da culinária das comunidades negras, remanescentes ou não de quilombos; Sobre esse tema, só conheço o “Feijão, Angu e Couve” de Eduardo Frieiro que, abrangendo a cozinha mineira dos anos setecentos, acabou abrangendo também costumes alimentares africanos e escravistas. No entanto, acredito que muito pode e precisa ser feito nessa área em termos ...

Leia Mais »