Home » Sem categoria » QUILOMBO DO CARECA – O silêncio inquietante de uma memória esquecida

QUILOMBO DO CARECA – O silêncio inquietante de uma memória esquecida

A colega Marjorie Prado Junqueira de Faria tratou do Quilombo do Careca em seu trabalho de conclusão de curso de pós-graduação em Gestão de Projetos Culturais e Organização de Eventos no CELACC/ECA-USP, com o qual vem presentear os quilombolas e demais amigos do MGQUILOMBO.



Segundo a própria autora, O artigo tem por finalidade desbravar a história e a cultura remanescente do extinto Quilombo do Careca, o maior núcleo do Quilombo do Campo Grande, constituído no século XVIII, situado no território atual entre as cidades paulistas de Caconde e Divinolândia. Na ausência de memória oficial desse Quilombo, constata-se um esquecimento e silêncio dessa história nos locais investigados, desconstruindo a memória coletiva quilombola. Assim, busca-se vestígios culturais que rompam com este silêncio inquietante que se perpetua até os dias de hoje”. Baixe o texto em PDF e boa leitura.