Home » Notícias Quilombolas » Movimento Negro » GURUTUBANOS REIVINDICAM AÇÃO EM BRASÍLIA

GURUTUBANOS REIVINDICAM AÇÃO EM BRASÍLIA


Representante do quilombo de Gurutuba em Minas Gerais reclama de prefeituras e fazendeiros

18 de maio de 2007

O representante do Quilombo de Gurutuba (MG) Denivaldo disse, durante a audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) destinada a debater a questão fundiária de territórios quilombolas no país, que os recursos destinados às comunidades vão para as prefeituras e não são distribuídos. Esses recursos, acrescentou, também não são aplicados por essas prefeituras.

O Quilombo de Gurutuba está localizado em seis municípios, numa área de 45 mil hectares, com 600 famílias que totalizam cerca de 6.500 pessoas, conforme relatou.

Segundo Denivaldo, há descaso do governo do estado com a questão dos quilombolas, pois esses são muito perseguidos a partir do momento em que há o reconhecimento de suas terras. O representante do quilombo disse também que tem aumentado o desmatamento de regiões onde há quilombolas e que os fazendeiros criam e manipulam grupos para agirem contra as comunidades quilombolas.

FONTE: Agência Senado – http://www.senado.gov.br em 18-05-07

OBS. Retirado do site do CEDEFES.