Home » Artigos » Pesquisas Escolares » Inácio Correia Pamplona – Expedição de 1769

Inácio Correia Pamplona – Expedição de 1769

INÁCIO CORREIA PAMPLONA Expedição de 1769

ESTUDOS AO ARTIGO DA REVISTA – ANAIS DA BIBLIOTECA NACIONALVOLUME 108 de 1988
Publicamos no MGQUILOMBO, em março de 2000, o primeiro estudo sobre a  expedição empreendida por Inácio Correia Pamplona em 1769.
Até hoje, não conhecemos estudo mais completo sobre este documento publicado há mais de VINTE anos pela Biblioteca Nacional.  Historiadores e sociólogos, inclusive os que se dizem mestres e doutores pela USP e pela UFMG, só têm escrito descuidosas superfluidades sobre esse documento que, na verdade, obedecendo itens previamente determinados pelo conde de Valadares,  foi mandado lavrar pelo próprio Inácio Correia Pamplona, traidor da Inconfidência e o maior mentiroso de que se teve notícia na Capitania, na Província e no Estado de Minas Gerais. Seu objetivo, nunca mencionado ou detectado pelos tais mestres e doutores: invadir a Capitania de Goiás, documentar falso povoamento e benfeitorias, visando realimentar o projeto de abocanhar o Triângulo Goiano, hoje, Mineiro.

Verdadeiros disparates, mentiras que nem Pamplona ousou contar, vêm lhe sendo atribuídas também  por algumas pessoas que escreveram sobre as cidades de Araxá, Ibiá, Campos Altos, Bambuí, Pains, Arcos, Formiga, etc. Por exemplo, ao contrário de tais mentiras, Pamplona NUNCA atacou os índios Araxás. Nesta expedição de 1769, Pamplona NÃO atacou a índio nenhum e, muito menos, a quilombos de verdade. Muito menos o Quilombo do Ambrósio. Pamplona NUNCA disse que o Ambrósio de Ibiá fora atacado em 1746. O pior é que, sobre este tema, alguns sociólogos e historiadores continuam a repetir essas mesmas teses velhas em livros novos, onde citam reciprocamente suas próprias obras, como se tal doutorice ungisse verdades que não perquiriram.       

Esta é a matéria “Econtrando Quilombos” publicada pela FBN sobre Expedição Feita por Inácio Correia Pamplona, de São João Del Rei-MG a Patrocínio-MG, no ano de 1769. Clique aqui  e faça um download.

Este é o estudo que desvendou a GEOGRAFIA da matéria “Encontrando Quilombos”,  texto de 21 paginas  em PDF, aqui publicado com autorização exclusiva do autor para o MGQUILOMBO. Clique e faça o Download.

Este é o estudo que desvendou as MENTIRAS de Inácio Correia Pamplona contidas na matéria “Econtrando Quilombos”, texto de 68 páginas em PDF, aqui publicado com autorização exclusiva do autor para o MGQUILOMBO. Clique e faça Download

O estudo sobre a GEOGRAFIA da matéria Encontrando Quilombos foi extraído do livro “Quilombo do Campo Grande – História de Minas que se Devolve ao Povo” e, o estudo sobre as MENTIRAS de Pamplona foi extraído do livro “Quilombo do Campo Grande – Ladrões da História“, ambos de autoria de Tarcísio José Martins.