Home » Artigos » Pesquisas Escolares » Cartilha “O Segredo do Rei Ambrósio”

Cartilha “O Segredo do Rei Ambrósio”

Cristais-MG revela “O Segredo do Rei Ambrósio”

Dar sentido ao patrimônio cultural é uma das formas de preservar e manter viva sua memória. Enxergar o patrimônio pelo olhar da cidade, especialmente das crianças e jovens. Ver o presente e vislumbrar o futuro pelos olhos do passado. Esses são alguns dos parâmetros que nortearam o trabalho de pesquisa que resultou na História “O Segredo do Rei Ambrósio”.

É enriquecedor tomar conhecimento dessa História, assim como é enriquecedor considerar a mensagem da participação e contribuição da cultura afro na formação da pátria mineira. Não se trata de guardar relíquias, mas de se ter ensinamentos para o presente. Os remanescentes e as reminiscências quilombolas nos falam do que a cidade é hoje e não existe crescimento, nem avanço sem críticas e reflexão. Além disso, a preservação tem também seu sentido econômico por veios turísticos. Hoje, valores como a cultura são diferenciais na sociedade em que vivemos. O diferencial é saber conviver com a identidade do lugar, ao mesmo tempo que, com a construção de um ambiente contemporâneo.
Foi dentro desta perspectiva que as escolas municipais rurais de Cristais, localizadas nos remanescentes da Primeira Povoação do Ambrósio, em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra organizaram a I Feira Cultural, tendo como tema a influência da cultura afro brasileira na formação do patrimônio cultural cristalense. Na ocasião foi lançada a cartilha “O Segredo do Rei Ambrósio” que mostra o passado reconstituído com base na seleção de documentos oficiais. São preciosas memórias compiladas em um rebuscado fragmento.
Prefaciando a cartilha, os senhores Dr. Jorge Lasmar e Celso Falabella de F. Castro do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais presentearam os alunos da Rede Municipal de Ensino de Cristais/MG. Estudiosos eruditos, pessoas de um valor cultural imensurável que, nas suas longevidades, deixam marcas de sabedoria, talento, garra e dignidade para os jovens de hoje. São modelos de personalidades intelectivas que nos dão lições de vida. Confrades do pesquisador e historiador Dr. Tarcísio José Martins, elo do intercâmbio cultural, que resultou no rico prefácio dedicado às nossas crianças e jovens. A eles o agradecimento de toda comunidade cristalense.
Cristais-MG, 20 de novembro de 2009

Maria Salomé Reis Alves de Lima
Marcos Antônio Marques
Mais informações sobre a Cartilha – clique